14 de novembro de 2017

Tic-tac, tic-tac.

tumblr.


Tic-tac, tic-tac,
faz o barulho do meu relógio, me dizendo que o tempo está acabando.
Mas que tempo é esse? O nosso, meu bem.

Eu resolvi partir com todas minhas decisões indecisas, meus livros, minhas manias, meus sonhos, meu desejo de ser livre e todos meus pronomes possessivos egoístas. Mas você não percebeu que deixei parte do meu coração aí e que também doeu partir. Doeu muito!

Nunca foi por falta de amor. Ele ainda está aqui de alguma forma.

7 de agosto de 2017

Livro: Auggie & Eu

Sou tão suspeita em falar dos livros da R.J Palacio. Desde que li ''Extraordinário'' (resenha aqui) e entrei no mundo do Auggie eu posso dizer que a dose de gentileza que estava sobre o livro caiu em mim. ''Auggie & Eu'' não é um complemento de ''Extraordinário'', mas é uma extensão do mesmo por visões diferentes, Auggie é um personagem secundário aqui, e você PRECISA ler até o fim e mergulhar, mais uma vez, nesse universo comigo. Let's GO?



1 de agosto de 2017

Livro: Onde deixarei meu coração.

Acho engraçado como as pessoas me conhecem e me dão livros que realmente tem alguma coisa que eu goste, nesse caso é de Paris que falamos. Essa história fala muito sobre o descobrimento de si próprio e a importância de ser quem somos de verdade, já que em alguns momentos a dúvida de quem somos bate muito forte. É um romance viajante e você precisa ir à Paris comigo para entender tudo...


26 de julho de 2017

Livro: A máquina de contar histórias

Já se imaginou trabalhando muito e vivendo pouco? Passando mais tempo com seus colegas de trabalho do que com sua própria família? E se, de repente, a pessoa que você mais ama vai embora e você não consegue se despedir e percebe que passou tempo demais cuidando do que não importava tanto? Essa história  é sobre isso... quando alguém se torna uma máquina de contar histórias e percebe que a sua foi perdida...


18 de julho de 2017

Livro: A Revolução dos Bichos

Queria dizer que eu ''pastei'' para conseguir escrever alguma coisa sobre esse livro, porque ele é muito mais do que qualquer resenha que eu consiga escrever - então me perdoe se não ficar tão bom - porque o livro é tão maravilhoso, que eu queria resumi-lo a isso e pedir muito para que vocês o lesse de qualquer forma. Mas, vamos lá...



Tudo começa quando os animais da Granja do Solar são convocados para uma reunião pelo velho Major. Ele queria contar um sonho que teve e dizer que estava cansado da forma com que os humanos tratavam os animais, pois, para ele, eles (animais) viviam uma vida miserável e muito trabalhosa/escravizada, vivendo com o mínimo de alimento e sendo explorados até a morte, por humamos que ''consomem sem produzir''.